sambafoot

Publicidade

Comissão aprova indicado de Lula para a Agência Brasileira de Inteligência

Luiz Fernando Corrêa foi sabatinado pelos senadores na Comissão de Relações Exteriores do Senado

Comissão aprova indicado de Lula para a Agência Brasileira de Inteligência
Publicidade

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) do Senado aprovou, nesta 5ª feira (4.mai), o nome de Luiz Fernando Corrêa para exercer o cargo de diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). Foram 16 votos a favor da indicação feita pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e nenhum contrário.

+ Leia as últimas notícias no portal sambafoot

Antes da votação, Luiz Fernando foi sabatinado pela CRE. Os senadores perguntaram sobre diversos temas, incluindo como ele entende o papel da Abin sobre o terrorismo; quais iniciativas pretende tomar para fazer com que a Abin possa consolidar-se como uma instituição de Estado a serviço da democracia; como classificaria o ataque de 8 de janeiro; qual o papel da agência em relação ao enfrentamento da atividade criminal, em especial o crime organizado; e qual o papel que vislumbra em relação à atuação da agência frente ao extremismo político.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) foi o relator da indicação na CRE. Fizeram perguntas, na sabatina, entre outros, o próprio relador, o presidente da CRE, Renan Calheiros (MDB-AL), Sergio Moro (União-PR) e Hamilton Mourão (Republicanos-RS).

Em seu relatório, Randolfe ressaltou que o indicado tem experiência profissional, formação técnica adequada, afinidade intelectual e atributos morais para o exercício do cargo de diretor-geral.

No início da sessão desta 5ª, Renan Calheiros destacou a importância do Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin): "É fundamental que o Serviço de Inteligência funcione no Brasil adequadamente para garantir a devida proteção da sociedade e do Estado contra as mais significativas ameaças. Ameaças internas e externas. Importante assinalar, portanto, que a inteligência e a democracia são perfeitamente compatíveis. Todas as grandes democracias do mundo possuem serviços de inteligência".

Luiz Fernando afirmou ter consciência de que seu acumúlo profissional "na realidade pertence à sociedade". "Portanto, ao ser indicado para o honroso cargo de diretor geral da Abin, me sinto pronto e com a disposição de restituir à nação mais uma parte do investimento público que propiciou a mim a experiência e a realização pessoal e profissional que a função requer. Como todos sabemos, além de ser uma agência relevante em si mesma, ela é o órgão central do Sisbin".

Posteriormente, disse crer que sua formação trabalhando na área de inteligência policial será relevante para a agência e o Sistema. "Da mesma forma, minha experiência de atuação cooperativa interagências será relevante em um Sisbin no qual fazem parte atualmente 48 agências federais".

Além disso, ressaltou pautar sua atuação, desde sempre, "pelos princípios constitucionais e pela legalidade. Mantenho o equilíbrio e a iniciativa em prol da segurança dos cidadãos e cidadãs".

Prometeu manter, na função de diretor-geral, "os valores e o equilíbrio" que cultivou em toda sua vida profissional. "Utilizarei toda a minha experiência de gestão e inovação para a qualificação e aperfeiçoamento da missão legal da Abin", complementou. Em sua visão, para reduzir vulnerabilidades e para neutralizar ameaças ao pleno desenvolvimento do Brasil, possui "convicção de que a Abin e o Sisbin tem uma contribuição decisiva a dar para o país".

Em suas palavras, "o presidente da República, legitimimanete eleito e nos termos da legislação, deve ter à disposição uma estrutura de inteligência profissional para subsidiá-lo na tomada de decisões. A ineficiência ou ineficácia desta estrutura implica riscos e graves danos ao país na execução das políticas públicas". 

Ao fim do discurso incicial, prometeu: "As atividades de inteligência da Abin continuarão sendo desenvolvidas com irrestrita observância aos direitos e garantias individuais, fidelidade  às instituições, à verdade dos fatos, amparados em princípios éticos, e na defesa do Estado democrático de direito. Enfrentaremos juntos, como nação, a deterioração do ambiente internacional de segurança e os riscos associados à violência climática e à violência na Amazônia".

Orientação

Segundo Luiz Fernando, Lula lhe explicou que quer restruturar a Abin e conta com a capacidade da nova gestão para isso. "E principalmente, a nova gestão só vai alcançar esse objetivo se ela tiver um mínimo de articulação com o Congresso Nacional, dada a sensabilidade do tema. Então a nossa resposta é orientação de buscar organizar o sistema de inteligência, reposicionando como iminentemente de Estado, sem qualquer viés político, partidário, e pautado pela legislação", acrescentou.

Depois, o agora aprovado pela CRE disse que uma agência precisa estar preparada para enfrentar ameaças em diferentes áreas. "O que prioriza é qual delas o cenário escala em termos de risco, e aí nós temos que estar prontos para focar".

Segundo ele, sua eventual gestão quer cobrir o máximo de temas relevantes "acompanhando as políticas públicas". "Então nós saímos de um processo eleitoral, foram elencadas algumas políticas públicas, e cabe a um agente de Estado se preparar para dar sustentação para essas políticas públicas".

Indicados

Sobre os nomes que indicou para ocuparem os dois postos de diretores-adjuntos, declarou: "Gozando da confiança do presidente, eu jamais correria um risco de expor qualquer governo a uma situação no mínimo constrangedora de indicar alguém que não tivesse status para a posição que estamos indicando".

Conforme Luiz Fernando, em sua convicção, crença e prática, o cidadão de carreira típica de Estado só se manifesta politicamente num único momento: ao votar. "Lá dentro [da cabine], o ato dele tem duas dimensões. Primeiro, Ele escolhe como qualquer cidadão. Segundo, ele renova o compromisso com o Estado brasileiro, saiu o resultado que sair daquela urna. Ele não tem direito, como qualquer outro cidadão, ao sair do momento cívico do voto, ir para um bar e discutir, debater, manifestar desconforto com o resultado ou comemorar a vitória. A ele só cabe cumprir o papel de agente de Estado independentemente do resultado". Essa é sua convicção, e qualquer pessoa que chama para compor o time passa por essa análise, pontuou.

CPMI

Questionado pelo senador Magno Malta (PL-ES) se há um compromisso público de sua parte de monitorar e entregar à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPMI) do 8 de janeiro o que estiver na mão da Abin quando for requisitado, Luiz Fernando afirmou: "O compormisso público de atender qualquer requerimento não é feito a partir de agora. Ser servidor público pressupõe isso. Sendo demandando pelo Poder Judiciário, pelo Poder Legislativo, nós temos que atender, e o senhor conte com o profissionalismo da agência".

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
congresso
governo
abin
indicação
aprovado
cre
lula
luiz fernando corrêa
sabatina
senadores
cpmi
indicados
orientação
papel
guilherme-resck

Últimas notícias

EUA: Trump e Biden vencem eleições primárias em Michigan

EUA: Trump e Biden vencem eleições primárias em Michigan

Resultado aproxima políticos de se enfrentarem em uma revanche no pleito presidencial de 2024
Caixa libera parcela do Bolsa Família para beneficiários com NIS final 9

Caixa libera parcela do Bolsa Família para beneficiários com NIS final 9

Recurso pode ser sacado ou movimentado virtualmente; calendário também conta com Auxílio Gás
sambafoot na TV: Brasil tem mais de 900 mil casos prováveis e 195 mortes confirmadas por dengue

sambafoot na TV: Brasil tem mais de 900 mil casos prováveis e 195 mortes confirmadas por dengue

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (28); assista!
Araras-azuis-de-lear e micos-leões-dourados traficados são repatriados

Araras-azuis-de-lear e micos-leões-dourados traficados são repatriados

Micos-leões estavam desnutridos, com sinais de intoxicação por óleo de motor, enquanto as araras aparentavam estresse; espécies são protegidas por risco de extinção
Mega-Sena acumula e chega a R$ 135 milhões; veja os números sorteados

Mega-Sena acumula e chega a R$ 135 milhões; veja os números sorteados

Quina teve 117 apostas ganhadoras, que vão receber mais de R$ 55 mil cada
José Dirceu está internado com pneumonia no Hospital Sírio-Libanês

José Dirceu está internado com pneumonia no Hospital Sírio-Libanês

Boletim médico diz que quadro é estável, mas não tem previsão de alta
"Espero que o Biden ganhe", diz Lula sobre eleições nos Estados Unidos

"Espero que o Biden ganhe", diz Lula sobre eleições nos Estados Unidos

Presidente também voltou a falar sobre guerra na Faixa de Gaza e reiterou críticas às ações de Israel
TSE fixa regras para uso de inteligência artificial nas eleições 2024

TSE fixa regras para uso de inteligência artificial nas eleições 2024

Restrições incluem “vedação absoluta” ao chamado deepfake e equipara crimes à propagação de fake news
FGTS Digital começa a funcionar nesta sexta-feira, dia 1º de março

FGTS Digital começa a funcionar nesta sexta-feira, dia 1º de março

Empregador poderá usar Pix para depositar Fundo de Garantia do trabalhador
Violência contra a mulher: Denúncias ao Ligue 180 crescem 23% em 2023

Violência contra a mulher: Denúncias ao Ligue 180 crescem 23% em 2023

Central de Atendimento à Mulher recebeu 1.558 ligações por dia no ano passado. Região Sudeste lidera com 288 mil chamadas no total
Publicidade
Publicidade
sambafoot Mapa do sitesambafoot Mapa do site