sambafoot

Publicidade

Cúpula da Amazônia começa com apelo para fim da exploração de petróleo

Especialistas defendem preservação da floresta; assunto tem gerado impasse no governo federal

Cúpula da Amazônia começa com apelo para fim da exploração de petróleo
Publicidade

A Cúpula da Amazônia inicia os trabalhos, nesta 3ª feira (8.ago), com um apelo de especialistas para o fim da ampliação da exploração de petróleo na região. No documento "Amazônia Livre de Petróleo e Gás", mais de 80 entidades pedem que os governos pan-amazônicos parem de subsidiar a produção de combustíveis fósseis ou ofertar novos blocos à exploração de petróleo, redirigindo os subsídios ao fomento da bioeconomia.

+ Leia as últimas notícias no portal sambafoot

"Deixar de produzir petróleo e gás fóssil na Amazônia não significa sacrificar a vida das populações dos países da região. Pelo contrário. Em maio, o Banco Mundial lançou um relatório sobre o desenvolvimento da Amazônia Legal brasileira que mostra que a preservação da floresta pode render, no mínimo, US$ 315 bilhões. A cifra equivale a cerca de sete vezes o valor que pode ser obtido com atividades econômicas tradicionais na região - que deixam destruição ambiental e pobreza generalizada como resultado", defende o texto.

O apelo acontece em meio à ambição de ampliar a exploração de petróleo na Margem Equatorial Brasileira. O local, que se estende do Amapá até o Rio Grande do Norte, vem sendo cobiçado pela Petrobras desde 2020, quando a BP Energy do Brasil transferiu os direitos de exploração à estatal. Já foram apresentados dois pedidos de licença para realizar uma perfuração de teste na costa do Amapá - ambos negados pelo Ibama.

O assunto vem gerando um impasse no governo federal, sobretudo entre os Ministérios do Meio Ambiente e de Minas e Energia. Enquanto Marina Silva defende que a Petrobras deve reformular o pedido de licença para atender as exigências ambientais, Alexandre Silveira alega que a estatal já aprofundou todos os estudos possíveis para sanar maiores dúvidas quanto à viabilidade de proteção ambiental da Margem Equatorial.

Especialistas consultados pelo sambafootdefendem mais debates sobre o tema, uma vez que as possíveis intervenções impactariam todos os tipos da atividade pesqueira na região, de frotas industriais a pescadores pequenos, pescaria tradicionais e artesanais. Além de interferências no local da Foz do Amazonas, as mudanças podem chegar a outros estados, como Pará e Maranhão, que estão entre os maiores produtores de pesca marinha no país.

O que é a Cúpula da Amazônia?

A Cúpula da Amazônia, que acontece nos dias 8 e 9 de agosto, no Pará, faz parte da retomada das políticas públicas para a região amazônica. O evento irá contar com a presença de líderes dos oito países que possuem território amazônico - Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela -, além de representantes de outras seis nações, como Congo, França, Alemanha e Noruega.

Segundo o governo federal, o principal objetivo é produzir uma posição de consenso a respeito da floresta amazônica, impedindo-a que chegue ao ponto de inflexão. O documento com esta posição será entregue pelas autoridades brasileiras aos 193 Estados-membros no debate geral da Assembleia Geral das Nações Unidas, que ocorrerá em setembro de 2023, à Conferência das Mudanças Climáticas (COP-28) e a outros fóruns internacionais.

+ Mineração na Amazônia ameaça áreas com maior biodiversidade

No mesmo período, especialistas, ativistas, organizações de povos indígenas e comunicadores se reunirão para a Assembleia dos Povos da Terra para a Amazônia. A ideia é influenciar os participantes da Cúpula da Amazônia sobre discussões necessárias e acordar um processo para salvar a Amazônia da atividade humana e das alterações climáticas, bem como conter as violações dos direitos dos povos indígenas.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
governo
cupula da amazonia
apelo
fim
exploraçao
petroleo
margem equatorial
patrobras
ibama
governo federal
exigências ambientais
convidados
camila-stucaluc

Últimas notícias

Esquema de segurança em ato pró-Bolsonaro em SP terá 2 mil agentes e drones

Esquema de segurança em ato pró-Bolsonaro em SP terá 2 mil agentes e drones

Manifestação é organizada após a Polícia Federal deflagrar no último dia 8 a Operação Tempus Veritatis, que mira uma suposta organização criminosa que tentou dar golpe para manter Bolsonaro na Presidência
STF já condenou 101 réus pelos atos golpistas de 8 de janeiro

STF já condenou 101 réus pelos atos golpistas de 8 de janeiro

As condenações também abrangem o pagamento de indenização de R$ 30 milhões; esse valor será dividido entre todos os condenados
Invasão russa na Ucrânia completa 2 anos: veja 10 perguntas e respostas sobre a guerra

Invasão russa na Ucrânia completa 2 anos: veja 10 perguntas e respostas sobre a guerra

Conflito começou em fevereiro de 2022 e já resultou em impactos significativos para segurança e economia global
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 110 milhões no sorteio deste sábado (24)

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 110 milhões no sorteio deste sábado (24)

Valor acumulado é o maior de 2024 até o momento; apostas podem ser feitas até as 19h
FALSO: torcidas organizadas negam ato contra Bolsonaro em São Paulo

FALSO: torcidas organizadas negam ato contra Bolsonaro em São Paulo

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Lira não tem prazo para analisar pedido de impeachment de Lula; entenda o processo

Lira não tem prazo para analisar pedido de impeachment de Lula; entenda o processo

Denúncia contra o presidente por crime de responsabilidade foi protocolada nesta semana; mais de 130 deputados federais assinaram
Confiança do consumidor brasileiro piorou em fevereiro, diz FGV

Confiança do consumidor brasileiro piorou em fevereiro, diz FGV

Trata-se do pior patamar em 9 meses, que atinge famílias com renda de R$ 2.100 a R$ 9.600,01
Homem é preso após arremessar filho de 11 meses de carro no Rio Grande do Sul

Homem é preso após arremessar filho de 11 meses de carro no Rio Grande do Sul

A ex-mulher também caiu do veículo em movimento e foi atropelada na sequência
Tenente acusado de matar campeão mundial de jiu-jitsu tem salário suspenso pela justiça de São Paulo

Tenente acusado de matar campeão mundial de jiu-jitsu tem salário suspenso pela justiça de São Paulo

Desde agosto de 2022, o tenente Henrique Velozo está detido no presídio Romão Gomes
Chuva no RJ deixa oito mortos e 650 pessoas desalojadas

Chuva no RJ deixa oito mortos e 650 pessoas desalojadas

Gabinete de crise foi criado para discutir ações emergenciais
Publicidade
Publicidade
sambafoot Mapa do sitesambafoot Mapa do site