sambafoot

Publicidade

Dados de candidatos devem ser públicos, decide TSE

Corte julgou processo administrativo que aborda a aplicação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais

Dados de candidatos devem ser públicos, decide TSE
Publicidade

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta 5ª feira (18.ago) que dados pessoais, certidões e declarações de bens dos candidatos devem constar na plataforma DivulgaCandContas, para que o princípio da transparência seja obedecido. A decisão foi tomada por maioria dos votos, no julgamento de um processo administrativo que aborda a aplicação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) no caso do registro da candidatura.

+ Leia as últimas notícias no portal sambafoot

A Corte começou a analisar o tema a partir do julgamento de um pedido feito por Luciano Reginaldo Fulco para que seus dados fossem excluídos do DivulgaCandContas, devido a ameças que sofreu no processo eleitoral em 2020. Naquele ano, foi eleito suplente de vereador por Guarulhos (SP). Em 31 de novembro de 2021, o TSE deferiu o pedido do político e determinou que fosse criado um Grupo de Trabalho para regulamentar o uso da LGPD na Justiça Eleitoral, além da realização de uma consulta pública para receber propostas de instituições, partidos e da sociedade civil sobre a aplicação da lei no caso do registro da candidatura. A audiência foi realizada em 2 e 3 de junho de 2022.

No julgamento desta 5ª feira, ficou decidido que somente o endereço completo, telefone e e-mail pessoal do candidato não aparecerão no DivulgaCandContas, com o objetivo de garantir a segurança pessoal dos políticos, e que não há limite de tempo para as demais informações permanecerem na plataforma.

Ao votarem para determinar a divulgação de dados pessoais, certidões e declarações de bens, os ministros acompanharam divergência apresentada pelo presidente do TSE, Alexandre de Moraes. Nas palavras do magistrado, "o interesse do legislador sempre foi garantir a livre informação da coletividade, imprescindível para o interesse público e em limitação ao particular". Segundo ele, é preciso haver divulgação total dos bens dos candidatos, porque, conforme a Constituição, o princípio da transparência é imprescindível à administração pública, "conferindo-lhe absoluta prioridade na gestão administrativa e garantindo pleno acesso às informações a toda a sociedade".

Veja também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
justica
eleicoes
política
dados
candidatos
plataforma
tse
julgamento
alexandre de moraes
transparência
princípio
constituição
decisão
ministros
guilherme-resck

Últimas notícias

sambafoot na TV: Brasil tem mais de 900 mil casos prováveis e 195 mortes confirmadas por dengue

sambafoot na TV: Brasil tem mais de 900 mil casos prováveis e 195 mortes confirmadas por dengue

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (28); assista!
Araras-azuis-de-lear e micos-leões-dourados traficados são repatriados

Araras-azuis-de-lear e micos-leões-dourados traficados são repatriados

Micos-leões estavam desnutridos, com sinais de intoxicação por óleo de motor, enquanto as araras aparentavam estresse; espécies são protegidas por risco de extinção
Mega-Sena acumula e chega a R$ 135 milhões; veja os números sorteados

Mega-Sena acumula e chega a R$ 135 milhões; veja os números sorteados

Quina teve 117 apostas ganhadoras, que vão receber mais de R$ 55 mil cada
José Dirceu está internado com pneumonia no Hospital Sírio-Libanês

José Dirceu está internado com pneumonia no Hospital Sírio-Libanês

Boletim médico diz que quadro é estável, mas não tem previsão de alta
"Espero que o Biden ganhe", diz Lula sobre eleições nos Estados Unidos

"Espero que o Biden ganhe", diz Lula sobre eleições nos Estados Unidos

Presidente também voltou a falar sobre guerra na Faixa de Gaza e reiterou críticas às ações de Israel
TSE fixa regras para uso de inteligência artificial nas eleições 2024

TSE fixa regras para uso de inteligência artificial nas eleições 2024

Restrições incluem “vedação absoluta” ao chamado deepfake e equipara crimes à propagação de fake news
FGTS Digital começa a funcionar nesta sexta-feira, dia 1º de março

FGTS Digital começa a funcionar nesta sexta-feira, dia 1º de março

Empregador poderá usar Pix para depositar Fundo de Garantia do trabalhador
Violência contra a mulher: Denúncias ao Ligue 180 crescem 23% em 2023

Violência contra a mulher: Denúncias ao Ligue 180 crescem 23% em 2023

Central de Atendimento à Mulher recebeu 1.558 ligações por dia no ano passado. Região Sudeste lidera com 288 mil chamadas no total
Câmara aprova urgência de projeto que amplia isenção de Imposto de Renda para até dois salários mínimos

Câmara aprova urgência de projeto que amplia isenção de Imposto de Renda para até dois salários mínimos

Proposta do governo vale para quem recebe até R$ 2,9 mil; mudança está em vigor, mas precisa do Congresso para se tornar permanente
Regulamentar as tecnologias é essencial para as eleições, avalia advogado

Regulamentar as tecnologias é essencial para as eleições, avalia advogado

Justiça Eleitoral vai estabelecer regras para coibir notícias falsas e o uso inapropriado da inteligência artificial
Publicidade
Publicidade
sambafoot Mapa do sitesambafoot Mapa do site