sambafoot

Publicidade

Rosa Weber marca sessões extras para julgar primeiros réus do 8/1

Presidente do STF quer avançar nos julgamentos de envolvidos nos atos golpistas antes de sua aposentadoria

Rosa Weber marca sessões extras para julgar primeiros réus do 8/1
Publicidade

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Rosa Weber, convocou duas sessões extraordinárias no mês de setembro em que começarão a ser julgados réus dos ataques de 8 de janeiro. A ministra marcou para 9h30 dos dias 13 e 14 o julgamento de três acusados de participação nas invasões aos prédios dos Três Poderes, em Brasília.

+ Leia as últimas notícias no portal sambafoot

Rosa Weber quer avançar nos casos envolvendo o 8 de janeiro antes de sua aposentadoria, no fim de setembro. A Constituição prevê que integrantes do STF se aposentem compulsoriamente ao completar 75 anos. A magistrada faz aniversário em 2 de outubro.

Serão julgados:

Aécio Lúcio Costa Pereira, ex-funcionário da Companhia de Saneamento Básico de São Paulo. Ele foi preso em flagrante dentro do Congresso Nacional.

Thiago de Assis Mathar, comerciante de Rio Preto (SP) que foi preso em flagrante dentro do Palácio do Planalto.

Moacir José dos Santos, de Foz do Iguaçu (PR), ele foi preso em flagrante por depredação contra o Palácio do Planalto.

Eles respondem pela prática de associação criminosa armada, abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado pela violência e grave ameaça, com emprego de substância inflamável, contra o patrimônio da União e com considerável prejuízo para a vítima e deterioração de patrimônio tombado.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
sbt
noticias
justiça
justica
rosa weber
weber
stf
supremo
tribunal
federal
atos
golpistas
ataque
8 de janeiro
três poderes
brasilia
congresso
planalto

Últimas notícias

FALSO: torcidas organizadas negam ato contra Bolsonaro em São Paulo

FALSO: torcidas organizadas negam ato contra Bolsonaro em São Paulo

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Lira não tem prazo para analisar pedido de impeachment de Lula; entenda o processo

Lira não tem prazo para analisar pedido de impeachment de Lula; entenda o processo

Denúncia contra o presidente por crime de responsabilidade foi protocolada nesta semana; mais de 130 deputados federais assinaram
Confiança do consumidor brasileiro piorou em fevereiro, diz FGV

Confiança do consumidor brasileiro piorou em fevereiro, diz FGV

Trata-se do pior patamar em 9 meses, que atinge famílias com renda de R$ 2.100 a R$ 9.600,01
Homem é preso após arremessar filho de 11 meses de carro no Rio Grande do Sul

Homem é preso após arremessar filho de 11 meses de carro no Rio Grande do Sul

A ex-mulher também caiu do veículo em movimento e foi atropelada na sequência
Tenente acusado de matar campeão mundial de jiu-jitsu tem salário suspenso pela justiça de São Paulo

Tenente acusado de matar campeão mundial de jiu-jitsu tem salário suspenso pela justiça de São Paulo

Desde agosto de 2022, o tenente Henrique Velozo está detido no presídio Romão Gomes
Chuva no RJ deixa oito mortos e 650 pessoas desalojadas

Chuva no RJ deixa oito mortos e 650 pessoas desalojadas

Gabinete de crise foi criado para discutir ações emergenciais
Brasileiros matriculados em universidades argentinas correm o risco de perder o ano letivo

Brasileiros matriculados em universidades argentinas correm o risco de perder o ano letivo

Estudantes estão sendo considerados "falsos turistas" e mandados de volta ao Brasil na chegada a Buenos Aires
Biden anuncia mais de 500 novas sanções contra a Rússia

Biden anuncia mais de 500 novas sanções contra a Rússia

Trata-se de uma resposta do governo americano pelos dois anos da invasão russa na Ucrânia e à morte não esclarecida do opositor Alexei Navalny
Ministro da CGU diz que é preciso atenção redobrada com manifestações

Ministro da CGU diz que é preciso atenção redobrada com manifestações

Vinícius Carvalho diz que se houver participação de servidores em atos ilícitos a pasta tem capacidade de atuar
Ministro da CGU defende aprimoramento da fiscalização de emendas parlamentares

Ministro da CGU defende aprimoramento da fiscalização de emendas parlamentares

Os repasses a estados e munícios por meio das "emendas Pix" superam R$11,3 bilhões. Confira entrevista
Publicidade
Publicidade
sambafoot Mapa do sitesambafoot Mapa do site